#include

#include é usado para incluir outras bibliotecas no seu programa. Isto permite ao programador acessar um grande número de bibliotecas padrão da linguagem C (grupos de funções pré-definidas), e também à bibliotecas desenvolvidas especificamente para o Arduino.

A página principal de referência para as bibliotecas C AVR (AVR é a referência aos chips Atmel nos quais o Arduino está baseado)  está aqui.

Verifique que #include, de modo similar ao #define, não leva ponto e vírgula no final.

Exemplo

Este exemplo inclui uma biblioteca que é utilizada para armazenar dados na memória flash ao invés de na ram. Isto economiza espaço na ram para as necessidades de memória dinâmica e torna o uso de grandes tabelas mais prático.

#include <avr/pgmspace.h>

prog_uint16_t myConstants[] PROGMEM = {0, 21140, 702 , 9128, 0, 25764, 8456,
0,0,0,0,0,0,0,0,29810,8968,29762,29762,4500};

Página de início da referência

Correções, sugestões, e nova documentação devem ser enviadas ao Forum.

O texto de referência do Arduino está baixo uma Licença Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0. Amostras de código utilizadas na referência foram deixados  ao domínio público.

 

O conteúdo desta página é uma tradução para o português a partir do site original do Arduino.

Esta obra está sob uma Licença Creative Commons.

Creative Commons License