Código: ARD0011207
R$ 298,00
Digite seu email para ser notificado quando este produto estiver disponível novamente.

O Arduino Industrial 101 é um Yún de pequenas dimensões desenvolvido para ser integrado em produtos.

O Industrial 101 é também uma placa de suporte para o módulo Arduino 101 LGA. Como o Yún ele integra um ATmega32U4 e um Atheros AR9331 com WiFi e o sistema operacional Linino.

O ATmega32U4 está integrado na placa. O sistema operacional Linino é baseado em OpenWRT. A placa tem WiFi embarcado (IEEE 802.11b/g/n com operações de até 150Mbps 1x1 2.4GHz), 3 GPIOs (pinos de entrada e saída) dos quais 2 podem ser usados como saídas PWM, 4 entradas analógicas, 1 USB, 1 sinal Ethernet na pinagem e um conversor de CC/CC. Veja o guia de montagem e conecte o módulo com um cabo micro USB para iniciar a utilizar.

 

Microprocessador Arduino

Processador: Atheros AR9331
Arquitetura: MIPS
Voltagem Operacional: 3,3V
Memória Flash: 16 MB
RAM: 64 MB DDR2
Velocidade de Clock: 400 MHz
WiFi: 802.11 b/g/n 2.4 GHz
Ethernet: 802.3 10/100 Mbit/s (sem conector)
USB: 2.0 Host (sem conector)

Arduino Microcontrolador

Microcontrolador: ATmega32u4
Arquitetura: AVR
Voltagem Operacional: 5V
Memória Flash: 32 KB
SRAM: 2,5 KB
Velocidade de Clock: 16 MHz
Pinos E/S analógicos: 12 (4 disponíveis na pinagem)
EEPROM: 1KB
Corrente CC por pino E/S: 40mA

Geral

Voltagem de alimentação: 5V
Pinos digitais E/S: 20 (7 disponíveis na pinagem)
Saídas PWM: 7 ( 2 disponíveis na pinagem)
Consumo de corrente: 130mA
Tamanho do PCB: 42 x 51mm
GPIO: 3 disponíveis na pinagem
Suporte a DogOLED
Peso: 12g

Alimentação

É recomendado alimentar esta placa através da conexão micro-USB com 5V CC.

Se você está alimentando a placa através do pino Vin você deve fornecer 5V CC regulados. Não há regulador de voltagem embarcado para voltagens mais elevadas o que pode causar danos permanentes à placa.

Os pinos de alimentação são os seguintes:

    VIN. A voltagem de alimentação para a placa. Diferente de outras placas Arduino se você for utilizar este pino você deve fornecer 5V CC regulados.
    5V. The power supply used to power the microcontrollers and other components on the board. This can come either from VIN or be supplied by USB.
    3V3. Uma saída de 3,3V fornecida pelo regulador interno. O fornecimento máximo de corrente é de 50mA.
    GND. Pinos terra.
    IOREF. Voltagem de referência para operação dos pinos E/S. O valor padrão é de 5V para o Industrial 101.

Memória

O ATmega32u4 tem 32KB (4 dos quais são utilizados pelo bootloader). Tem também 2,5KB de SRAM e 1KB de EEPROM (que pode ser lida e escrita com a biblioteca EEPROM). A memória do AR9331 não está incorporada ao processador. A RAM e a memória de armazenamento são conectadas externamente. O Industrial 101 tem 64MB de RAM DDR2 e 16MB de memória flash. A memória flash é pré-gravada de fábrica com uma distribuição Linux baseada em OpenWRT chamada Linino. Você pode alterar o conteúdo da imagem de fábrica, como quando você instala um programa ou altera alguma configuração. Você pode restabelecer a configuraç~åo de fábrica pressionando o botão "USER1" por 30 segundos.

O sistema operacional Linino ocupa aproximadamente 9MB dos 16MB disponíveis na memória flash interna. Você pode utilizar um cartão microSD (adcionando um slot externo) se você necessitar de mais espaço para instalação de aplicativos.

Entrdas e Saídas

Não é possível acessar os pinos E/S do Atheros AR9331. Todas as linhas E/S estão conectadas ao 32U4. Cada um dos sete pinos E/S digitais pode ser utilizado como uma entrada ou uma saída utilizando as funções pinMode(), digitalWrite(), e digitalRead(). Eles operam à 5V e podem fornecer ou receber um máximo de 40mA e têm um resistor de elevação (pull-ip) interno (desconectados por padrão) de 20 a 50kΩ. Há alguns pinos com funções especializadas:

    Serial: Utilizada para receber e transmitir dados seriais TTL utilizando a a capacidade serial de hardware do ATmega32U4 através da classe Serial1.  O hardware serial do ATmega32U4 e do AR9331 estão conectados juntos e são utilizados para a comunicação entre os dois processadores. Como é comum em outros sistemas Linux, estando a porta serial do  AR9331 exposta ao console para acesso ao sistema , você pode acessar programas e funcionalidades oferecidos pelo lnux a partir de sua sketch Arduino.
    TWI: Suporte à comunicação TWI utilizando a bibliotca Wire, reservado para o slot Oled.
    PWM: pinos 5 e 6 fornecem saídas PWM de 8 bits com a função analogWrite().
    SPI: no conector ICSP. Estes pinos suportam comunicação SPI através da biblioteca de mesmo nom. Note qoe os pinos SPI não estão conectados a nenhum dos pinos E/S digitais como no Uno, somente estão disponíveis através do conector ICSP. Os pinos SPI estão também conectados aos GPIOs do AR9331 onde têm uma interface de software. Isto significa que o ATmega32U4 e o AR99331 também podem se comunicar utilizando o protocolo SPI.
    LED: no pino 13. Há um LED embarcado no pino 13. Quando o pino está em HIGH o LED acende, quando o pino está em LOW o LED apaga. Há ainda outros LEDs de status no Arduino Industrial 101, indicando alimentação (PWR), conexão WLAN, e conexões TX e RX.
    Entradas analógicas: De A0 a A3 e A7. O Industrial 101 tem 4 entradas analógicas identificadas de A0 a A3 que também podem ser usadas com E/S digitais e A7 que está no pino dgital 6. Cada entrada analógica fornece 10 bits de resolução (i.e. 1024 valores). Por padrão as entradas ananlógicas medem de terra a 5V, embora seja possível alterar o limite superior utilizando o pino AREF e a função analogReference().
    AREF. Voltagem de referência para as entradas analógicas. Utilizado com analogReference().

Há 4 botões de reset com funções diferentes:

    101 RST: reseta o microprocessador AR9331. Isto causará o reboot do sistema linux. Toda informação armazenada na RAM será perdida e todos os programas rodando serão terminados.
    32U4 RST: reseta o ATmega32U4. Tipicamente utilizado para adicionar um botão de reset aos shields que estiverem acoplados à placa.
    USER1: conectado ao GP20 MIPS e utilizado para resetar a WLAN. Este botão tem uma característica dupla. Primariamente serve para restaurar a WiFi à configuração de fábrica. Esta configuração consiste em colocar a WiFi do Industrial 101 em modo de ponto de acesso (AP) e atribuir a ela o endereço IP padrão de 192.168.240.1. Nesta condição você pode conectar seu computador a uma rede WiFi que aparece com o nome SSID "Arduino-Ind-101-XXXXXXXXXXXX" em que os 12 "X" são o endereço MAC do seu Industrial 101. Uma vez conectado você pode acessar o painel do Industrial 101 com um navegador direcionado para o endereço 192.168.240.1 ou "http://arduino.local". Note que restaurando a configuração do WiFi você causará o reboot do ambiente Linux. Para restaurar sua configuração WiFi você deve pressionar o botão WLAN RST por mais de 5 segundos mas por menos de 10. Quando você pressiona este botão o LED azul começará a piscar e continuará assim quando você o soltar depois de 5 segundos indicando que o processo de restauração foi registrado. A segunda função deste botão é restaurar a imgem do Linux ao original de fábrica. Para isso você deve pressionar o botão por mais de 30 segundos. Note que realizando este procedimento você perde todos arquivos e programas instalados  na memória flash embarcada conectada ao AR331.
    USER2: conectado ao GP23 MIPS e disponível para o usuário.

Comunicação

O Industrial 101 tem muitas facilidades para se comunicar com um computador, outro Arduino ou com outros microntroladores. O ATmega32U4 fornece uma comunicação serial dedicada UART TTL (5V). Ele também permite comunicação serial (CDC) através da USB e aparece como uma porta virtual para o software no computador, também age como um dispositivo USB 2.0 utilizando drivers padrão COM. O software Arduino inclui um monitor serial que permite dados simples de texto sejam enviados do e para a placa Arduino. Os LEDs RX e TX piscarão quados dados sejam transmitidos via USB ao computador.

Os pinos digitais 0 e 1, não reportados no layout final, são utilizados para comunicação serial entre o 32U4 e o AR9331. Você pode utilizar estes pinos para comunicação serial entre os processadores e a biblioteca Ciao.

O Arduino Ciao é uma tecnologia simples e poderosa que permite que programas rodando no Arduino se comuniquem intuitivamente com o "mundo exterior". Seu objetivo é simplificar a interção entre o microcontrolador e o Linino, permitindo uma série de conxões, com os protocolos mais comuns, serviços de terceiros e redes sociais.

O Ciao foi desenvolvido para ser modular e facilmente configurável. Com suporte a diversos conectores capazes de interagir com os recursos do sistema (sistema de arquivos, console, memória) e comunicar com os protocolos mais comuns (XMPP, HTTP, WebSocket, COAP, etc.) e aplicaações (Jabber, WeChat, Twitter, Facebook, etc.).

A biblioteca Ciao é leve e pode ser utilizada dentro dos programas que rodam no Arduino para enviar e receber dados, via comunicação serial, de um modo simples a intuitivo. A biblioteca SoftwareSerial permite comunicação serial en quaisquer pinos digitais do Arduino 101.

Arduino Industrial 101

O ATmega32U4 também suporta I2C (TWI) e comunicação SPI. O Software Arduino inclui a biblioteca Wire que simplifica o uso desta conexão. Para comunicação SPI use a biblioteca SPI. O Industrial 101 aparece ao computador como um teclado genérico ou mause, e pode ser programado para controlar estes dispositivos utilizanod as classes  Keyboard e Mouse.

As interfaces do Ethernet embarcado (necessita de de um acessório Ethernet) e WiFi estão expostas diretamente ao processador AR9331. Para enviar e receber dados através deles use as bibliotecas Ciao ou Bridge. O Industrial 101 está preparado para adicionar um host USB com permite a conexão de periféricos como pendrives para armazenagem adicional, teclados ou webcams. Você pode necessitar da instalação de software adicional para que estes dispositivos funcionem.

Programação

O Industrial 101 pode ser programado com o Software Arduino. Selecione "Arduino Industrial" no menu Tools > Board. O ATmega32U4 no Arduino Industrial 101 vem pré-gravado com o bootloadere que permite  enviar novos códigos sem o uso de um programador externo de hardware. Ele se comunica utilizando o protocolo AVR109.

Você também pode saltar o bootloader e programar o microcontrolador através do conector ISP utilizando um Arduino ISP ou similar.


Pinagem

Arduino Industrial 101

Arduino Industrial 101

Esquema e referência de desenho
Arquivos EAGLE: arduino-industrial101-reference-design.zip
Esquema: arduino-industrial101-schematic.pdf

 

 

Tutoriais

 

Avançado