Um pâncreas artificial para controlar a diabetes do filho.

Um pâncreas artificial para controlar a diabetes do filho.

16/05/2016

Andrew Calabrese leva sua mochila para a escola. Dentro ele leva mais que livros e cadernos. Leva também um pâncreas robótico.

Um pâncreas artificial para controlar a diabetes do filho.

O aparelho não foi desenvolvido por uma companhia médica. Tampouco foi aprovada por agências reguladoras. O aparelho foi desenvolvido por seu pai, Jason Calabrese, engenheiro de software.
Seguindo instruções encontradas na internet ele hackeou uma antiga bomba de insulina para suprir automaticamente as necessidades do filho. O sistema foi aprovado pelo médico de Andrew.
A família Calabrese não está sozinha. Mais de 50 pessoas desenvolveram seus próprios aparelhos para uso próprio ou de seus filhos. O sistema vem sendo estudado há muitos anos, mas as melhorias nos sensores para monitoramento da glicose no sangue a tempo real fizeram estes projetos possíveis.

Um pâncreas artificial para controlar a diabetes do filho.

A FDA americana (Food and Drug Administration) já avançou muito aprovando projetos e sistemas, mas o processo é lento e muitos pacientes que dominam tecnologia preferem não esperar.
No começo Jason ficou muito apreensivo com seu projeto e demorou mais de 2 meses entre protótipos e testes antes de usar em seu filho de 9 anos. "A diabetes é perigosa de qualquer maneira. Acredito que o que estamos fazendo reduz o risco da doença", afirma Jason Calabrese.
A FDA pode regularizar empresas e produtos, mas não tem autoridade sobre como as pessoas podem usar os equipamentos.

Um pâncreas artificial para controlar a diabetes do filho.

Somente nos Estados Unidos mais de 1 milhão de pessoas sofrem de diabetes tipo 1, uma condição autoimune em que o pâncreas deixa de produzir insulina. A questão da dosagem é mais importante do que parece. Muito açúcar no sangue pode gerar problemas no fígado. Por outro lado, pouco açúcar pode causar convulsões e o paciente entrar em coma. O pâncreas artificial utiliza um algoritmo capaz de dosar a insulina através de leituras geradas a cada 5 minutos de um sensor subcutâneo.

O tamanho dos dispositivos caseiros varia muito entre cada projeto. No caso de Andrew o projeto foi reduzido de uma pequena caixa de sapatos para uma caixa menor para fones de ouvido, muito por conta da opção pela tecnologia Intel® Edison. Ele usa a bomba de insulina e o monitor de glicose em um cinto.

Um pâncreas artificial para controlar a diabetes do filho.

Esses projetos claramente são para pessoas com informação e conhecimento em programação. Jason usou seus conhecimentos de programação para adaptar os componentes e o software para as necessidades do filho. E muitas vezes o dispositivo não é infalível. Calabrese lembra que um dia a bomba de insulina falhou. Mas mesmo não sendo uma cura, a democratização da medicina tem proporcionado uma melhora na qualidade de vida.

Um pâncreas artificial para controlar a diabetes do filho.


Para mais informação:
Open Artificial Pancreas System project (#OpenAPS) - https://openaps.org
GitHub
Twitter: @jasoncalabrese

Intel Edison   
Frete grátis para todo o Brasil Envio por PAC para compras acima de R$400,00 para o estado de São Paulo.
Envio por PAC para compras acima de R$600,00 para todo o Brasil.