Do mesmo modo que as sentenças if, as switch / case controlam o fluxo dos programas. Switch/case permite ao programador construir uma lista de "casos" dentro de um bloco delimitado por chaves. O programa checa cada caso com a variável de teste e executa o código se encontrar um valor idêntico.

Switch / case é um pouco mais flexível que uma estrutura if/else de modo que o programador pode determinar se a estrutura switch deve continuar checando por valores idênticos na lista dos "casos" após encontrar um valor idêntico. Se a sentença break não é encontrada após a execução do bloco de código selecionado por um dos "casos", então o programa vai continuar a checar por mais valores idênticos entre os "casos" restantes. Se uma sentença break é encontrada o código sai da estrutura do mesmo modo que em uma construção if/else if.

Parâmetros

  • var - a variável para a qual você busca valores idênticos
  • default - se nenhuma outra condição for satisfeita o código que está no default é executado
  • break - sem o break a sentença switch vai continuar checando as outras sentenças case para quanquer outro possível valor idêntico. Se algum for encontrado será executado do mesmo modo, o que pode não ser o que você deseja. Break indica ao switch para parar de procurar por outros valores idênticos e sai da sentença switch.

Exemplo

  switch (var) {
case 1:
//faça alguma coisa quando var == 1
break;
// break is optional
case 2:
//faça alguma coisa quando == 2
break;
default:
// se nenhum valor for idêntico, faça o default
// default é opcional
}

Página de início da referência

Correções, sugestões, e nova documentação devem ser enviadas ao Forum.

O texto de referência do Arduino está baixo uma Licença Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0. Amostras de código utilizadas na referência foram deixados  ao domínio público.

 

O conteúdo desta página é uma tradução para o português a partir do site original do Arduino.

Esta obra está sob uma Licença Creative Commons.

Creative Commons License